Loja

Camiseta Vintage DNS ” THE REAL CINEMA GANGSTERS” Estonada Chumbo
7 de março de 2023
Camiseta Vintage DNS “CLASSIC HIP-HOP ALBUMS” Off-white
8 de março de 2023
Show all

Camiseta Vintage DNS “CLASSIC HIP-HOP ALBUMS” Preta

R$ 240,00R$ 250,00

Camiseta Vintage DNS “CLASSIC HIP-HOP ALBUMS” • Cor Preta • Arte personalizada com capas de Discos Clássicos do Hip-Hop • Sistema de Estampa Digital DTG ( Alta definição ) • Modelagem STREET OVERSIZED em malha 26.1 penteada PREMIUM 100% algodão de alta qualidade • 180 gramas ( PESADA )• Gola redonda canelada 2×1 com aproximadamente 3 cm de altura, costura dupla na base da gola, reforço cobre gola ombro a ombro • Etiqueta personalizada na Manga • PRÉ VENDA • Prazo de entrega: 5 dias úteis⚫️VÁ DE DNS⚫️

Pague parcelado sem cartão com Mercado Pago
Descrição

Álbuns utilizados na Arte: Ready to Die ( Notórious Big ) / DoggyStyle ( Snoop Dogg ) / Good Kid, M.A.A.D City ( Kendrick Lamar ) / Speakerboxxx/The Love Below ( Outkast ) / Paid in Full ( Erick B. & Rakin ) / Reasonable Doubt ( Jay-Z ) / The College Dropout ( Kanye West ) / Enter the Wu-Tang  “36 Chambers” ( Wu-Tang Clan ) / illmatic ( Nas ) / Nada como um Dia após o Outro Dia ( Racionais ) / It Takes a Nation of Millions to Hold Us Back ( Public Enemy ) / And Then There Was X ( DMX ) / Straight Outta Compton ( NWA ) / All Eyez on Me ( Tupac ) / The Chronic ( DR. DRE ) / The Marshall Mathers LP – Reloaded ( Eminem ) / The Score ( Fugges ) / Return of the Boom Bap ( Krs-One ) / Tha Carter III ( Lil Wayne ) / Get Rich or Die Tryin’ ( 50 Cent ) obs: na parte de trás.

 

Em 2023 a cultura Hip-Hop completa 50 anos,

Clive Campbell (16 de abril de 1955), também conhecido como Kool Herc e DJ Kool Herc, é um DJ jamaicano, considerado um dos fundadores “cultura hip hop” em razão do fato de que suas block parties (festas do bairro/bloco, em português) no bairro do Bronx em Nova Iorque terem estabelecido o formato e congregarem os elementos daquilo que depois viria a ser conhecido como “cultura hip hop“. Sua reprodução de discos de funk, especialmente de James Brown, contribui para a cultura das gangues violentas do Bronx como para a popularidade emergente da música disco durante a década de 1970. Em resposta a reação dos dançarinos do país, Campbell começou a isolar a parte instrumental do disco – o “break” – e mudar de um break para outro constantemente.

Enquanto DJ Kool Herc é considerado o pai da “cultura hip hop“, inclusive pela própria Universal Zulu Nation, que é a organização fundada por Afrika Bambaataa que é considerado o “padrinho” da cultura hip hop por ter sido o maior responsável pela difusão do termo “hip hop” a partir do início da década de 80 ao descrever aquilo que acontecia desde a década anterior.

A festa dada pelo DJ Kool Herc em parceria com sua irmã, Cindy Campbell, em 11 de Agosto de 1973 na Avenida Sedgwick, 1520, é considerada simbolicamente como a “data de nascimento” da cultura hip hop e aquele endereço (1520 Sedgwick Ave) é considerado o local de nascimento da mesma. A Avenida Sedgwick 1520 é reconhecidamente  ponto turístico obrigatório aos apreciadores de hip hop que visitam a cidade de Nova Iorque é um dos pontos de visita da Hush Tours. Em 2017 tal Avenida Sedgwick foi oficialmente renomeada como Hip Hop Boulevard.

Usando dois turntables dos toca-discos dos aparelhos dos DJs, o estilo de Campbell levou ao uso de duas cópias do mesmo registro para prorrogar o break (sessão instrumental rítmica percussiva da música). Este breakbeat, que usava hard funk, rock, e percussões latinas, formou a base da música Hip Hop. As comunicações e exortações de Kool Herc levaram os dançarinos a procurarem um acompanhamento sincopado e com rimas faladas, que hoje é conhecido como rap. É creditado como o inventor dos termos b-boy e b-girl para os dançarinos de Breaking, vulgar e equivocadamente conhecido como breakdance. O estilo de Campbell foi rapidamente utilizado por artistas como Afrika Bambaataa e Grandmaster Flash.

 

O hip-hop surgiu na década de 70 como um movimento cultural entre os latino-americanos, os jamaicanos e os afro-americanos da cidade de Nova York mais precisamente no sul do Bronx.O disc-jockey Afrika Bambaataa é considerado como o pioneiro e criador deste movimento social altamente influente.Em 12 de Novembro de 1973, fundou a Zulu Nation, uma organização com objectivos de auto-afirmação que promovia o combate através das quatro vertentes do hip-hop e que invocava “Paz, União e Diversão”. Esse dia é, até hoje, celebrado como sendo o dia do nascimento do hip-hop.Bambaataa definiu os pilares da cultura hip-hop como sendo quatro: o MCing, o DJing, o B-boying e o Graffiti Writing.As quatro vertentes do hip-hop ficaram assim estabelecidas como uma forma alternativa para um mundo estruturado, onde cada pessoa poderia representar um papel específico. A filosofia subjacente a este movimento cultural era a de existirem disputas com base na criatividade e não com recurso à violência e às armas.A zona do Bronx era carenciada a todos os níveis, por isso os jovens passavam a maioria do tempo no único espaço de lazer existente, as ruas. Foi portanto neste contexto social que sugiram as diversas formas de exprimir a arte do hip-hop na rua.

Informação adicional
Peso 550 g
Dimensões 25 × 22 × 18 cm
Cor

Preta

Marcas

Dns

Tamanho

L / G, M / M, S / P, XL / GG, XXL / Extra G, XXXL / G1, XXXXL / G2

Avaliações (0)

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Camiseta Vintage DNS “CLASSIC HIP-HOP ALBUMS” Preta”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…